segunda-feira, 9 de maio de 2011

Estranhamente bom.


É estranhamente bom conhecer alguém que se pareça com a gente. É estranho porque o normal é não conhecer, não se achar em outra pessoa, é se sentir sozinha em meio a maioria. Normal é ser taxada de inocente de mais, sonhadora de mais, bobona de mais, e ainda ser obrigada a levar todos esse adjetivos - que deveriam ser recebidos como elogios - pelo lado mais pejorativo que possa existir. E ter que ficar quieta. E ter que continuar pensando que talvez eles estejam certos. Até aparecer alguém - ou algumas pessoas - para ti mostrar que você não está tão sozinho assim.
Não sei se posso atribuir toda essa minha sensibilidade extrema de hoje à temida TPM, talvez até seja e sendo assim, prefiro levar esse momento que a dita "maior inimiga das mulheres - e dos homens também! - nos proporciona como uma válvula de escape, para liberar tudo o que tenho de melhor aqui dentro, mas com uma pitadinha de melancolia. Soltar os meus extremos, usar isso como desculpa e ligar para quem eu gosto só pra dizer "eu te amo, você é muito importante pra mim", ou para olhar para o lado e pedir um abraço sem medo, ou também pra dizer à quem eu mal conheço, o bem estranho que ele me faz, sem que esse alguém nem possa imaginar.
É estranhamente bom gostar de quem a gente mal conhece somente por sentir a energia dela, o olhar dela. É estranhamente bom descobrir que existe alguém que pensa como você, sem nem precisar trocar uma palavra se quer.


Franciélle Bitencourt.

6 comentários:

  1. Eu fui pra outro lugar procurar talvez por alguém que se parecesse comigo, e enfim...não achei, ainda.
    Mas um dia em que eu voltei, sem eu esperar por isso, aconteceu: "É estranhamente bom gostar de quem a gente mal conhece somente por sentir a energia dela, o olhar dela. É estranhamente bom descobrir que existe alguém que pensa como você, sem nem precisar trocar uma palavra se quer." ;)

    ResponderExcluir
  2. LINDO QUERIDA, ESSE TEXTO PARECE COMIGO "adjetivos que deveriam ser recebidos como elogios - pelo lado mais pejorativo que possa existir" NECESSARIAMENTE ESSA PARTE..AMEI...BJ* QUERIDA!

    ResponderExcluir
  3. Mudei a morada do blog para : www.umnovoinicio.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. É estranhamente e maravilhosamente bom rs

    Um beijo Fran!

    ResponderExcluir
  5. Bom dia Fran...

    Creio que seja "natural" que visitemos aqueles blogs que mais nos visitam também, ou que são de pessoas com maior vínculo afetivo...acho que é...não sei...

    Hoje resolvi visitar todos os meus "seguidores", ler seus textos, suas postagens...
    Parabéns pelos teus versos, sempre carregados de amor, com muita sensibilidade e sensualidade...

    Mas, parabéns principalmente, pelo texto que li sobre o desencarne de teu avô querido...linda homenagem...linda mesmo...emocionou...

    Tb perdemos há muitos anos nosso Patriarca, e sei bem o que se sente na hora...mas depois percebemos que a vida é assim, um eterno ir e vir dos espíritos imortais, que para cá vêm nos trazer conhecimento e AMOR...

    Um bjo carinhoso para ti...Deus a abençoe !

    ps. voltarei com mais frequencia

    ResponderExcluir