segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

- É grave ser diferente?


(...)
- É grave forçar-se a ser igual: provoca neuroses, psicoses, paranóias. É grave querer ser igual porque isso é forçar a natureza, é ir contra as leis de Deus, que, em todos os bosques e florestas do mundo, não criou uma só folha igual à outra. Mas você Acha uma loucura ser diferente e por isso escolheu Villete para viver. Porque, aqui, como todos são diferentes, você passa a ser igual a todo mundo. Entendeu?
(...)

Do livro "Veronika decide morrer" de Paulo Coelho. Pág. 199.






É por essas e outras que eu prefiro viver seguindo o meu âmago, instintivamente.
Terceiros gostando ou não disso.

3 comentários:

  1. ser igual é trabalhoso e sofrido.

    ResponderExcluir
  2. Que graça teria se todos fossem iguais?

    ótima semana!
    =*

    ResponderExcluir
  3. para evitar sofrimentos eu procuro ser diferente.
    que graça seu blog.
    beijos.
    :D

    ResponderExcluir